Comprometida em fornecer insights que ajudem a movimentar os negócios, a Rakuten Advertising acaba de lançar a pesquisa O Caminho para a Retomada: os Picos de Venda para 2020 Repensados, levantamento global que aponta os primeiros impactos e as principais tendências de consumo para o último trimestre do ano após o alastramento da pandemia de Covid-19 em todo mundo.

 

Dentre os pontos de destaque do estudo, um dado chama a atenção: mais de 70% dos consumidores não planejam diminuir os gastos durante o “Golden Quarter” – último trimestre do ano – período que abriga algumas das principais datas para o varejo mundial como a Black Friday e o Natal. Apesar disso, mais de 40% dos compradores mencionaram uma diminuição nos gastos das famílias.

 

Do mesmo modo, a maioria das pessoas devem priorizar suas compras de maneira digital no mundo (70%) – no Brasil, o percentual será de 86%. Para realização do levantamento, mais de 8 mil pessoas de todo o mundo foram consultadas entre os meses de junho e julho deste ano.

 

Impactos da Covid

Com o avanço da pandemia, os consumidores mudaram rapidamente seus hábitos de compras. Muitos, por exemplo, tiveram a primeira experiência no e-commerce. Os efeitos também foram sentidos pelas marcas que, em meio à crise, tiveram que acelerar seus processos de transformação digital.

 

Nesse sentido, o segmento de alimentação (refeições prontas) foi o mais impactado positivamente: apresentou alta de 54%, seguido pelo setor de entretenimento digital que cresceu 45%, no mundo.

 

No Brasil, o cenário também ascendeu: 66% das pessoas gastaram mais com refeições prontas e mantimentos básicos e a busca por entretenimento digital aumentou em 65%. Além disso, o país teve crescimento de 58% na procura por serviços de restaurantes com entrega delivery. O estudo também revelou que metade dos consumidores em todo o mundo deram preferência por empresas locais durante a pandemia.

 

Para Luiz Tanisho, country manager Brasil e VP global de operações da Rakuten Advertising , as empresas tiveram que imprimir velocidade as suas estratégias de atuação online. “A pandemia transformou não só a vida das pessoas como a atuação do mercado, que teve que achar novas maneiras para se adequar a um cenário onde o e-commerce virou a bola da vez. No Brasil, temos presenciado uma aceleração muito rápida”, ressalta.

 

O que esperar para o “Golden Quarter”

O levantamento buscou entender quais foram os impactos gerados no comportamento dos consumidores diante da pandemia e o que eles esperam para o “Golden Quarter” – período de maior expectativa de vendas para o comércio, quando acontecem eventos como a Black Friday e o Natal.

 

No Brasil, as datas promocionais devem apresentar alta. De acordo com a pesquisa, a maioria (70%) planeja um gasto médio que, se confirmado, representará um aumento de 42% para estas datas em 2020. Entre os aspectos mais relevantes para decisão de compra dos brasileiros estão os cupons de desconto e a oferta de cashbacks (50%), além do frete grátis (43%).

 

Contudo, o estudo também mostrou que, globalmente, embora 40% das pessoas tenham sofrido com a redução de ganhos devido à Covid-19, 87% devem ir às compras no Natal e 57% planejam algum gasto em ocasiões como a Black Friday, por exemplo, o que representa oportunidade para as marcas.

 

Metodologia da pesquisa

Para realização da pesquisa O Caminho para a Retomada: os Picos de Venda para 2020 Repensados a Rakuten Advertising conduziu um questionário online em junho e julho de 2020, por meio da plataforma Qualtirx. Foram contabilizados 8.673 respondentes adultos (+18) , divididos em 12 regiões: (Reino Unido (1015), França (1025), Alemanha (1011), Brasil (1016), Austrália (511), Canadá (516), China (508), Hong Kong (532) Nova Zelândia (509), Singapura (508), Coreia do Sul (507) e Estados Unidos (1015).

 

Gostou dos insights? O relatório completo, com estes e mais dados, já está disponível e pode ser baixado gratuitamente em nossa landing page.