O trimestre de compras mais movimentado do ano está chegando. Assim sendo, tanto os afiliados quanto os anunciantes estão procurando garantir que farão tudo o que puderem para impulsionar o desempenho ideal. Desse modo, para os afiliados, isso significa fornecer ao público as negociações e ofertas mais atraentes. E assim, alcançar estrategicamente novos consumidores, e direcioná-los para o site de uma marca. Além disso, essa estratégia deve ser complementada com rastreamento eficiente, para garantir uma conversão tranquila. No entanto, isso não pode ser deixado apenas para os afiliados, pois uma campanha de afiliados de sucesso envolve parceria. Desse modo, garante-se que ambas as partes estejam alinhadas com os objetivos e compartilhem o sucesso.

 

Neste momento, celebramos a Global Partnership Week.  E pedimos aos afiliados do Rakuten Advertising International Collective (RAIC) que compartilhassem suas principais dicas para um período de pico de compras de sucesso.

 

  1. Comece cedo
    Nossos afiliados foram unânimes neste ponto: chegue cedo para reservar seus canais. Além disso, nunca espere até o último minuto para compartilhar suas promoções. Pois seus afiliados parceiros planejam com semanas de antecedência. Desse modo, as oportunidades de colocação irão para as marcas que confirmarem rapidamente as promoções e os pacotes de exposição.
  2. Use seus afiliados e sua rede
    Além de garantir posicionamentos desde o início, é importante que as marcas busquem insights e orientações de seus afiliados e gerentes de conta. Pois eles podem compartilhar ideias sobre o que funcionou anteriormente. E também comparar dados e tendências de consumo que estão vendo. Por exemplo, Alex Short, do PerformID (MyAmexShopping.com), destaca que “as parcerias envolvem o compartilhamento das melhores práticas. Confie em seus parceiros. Eles sabem o que funciona melhor para seus consumidores.  Especialmente em um mercado diferente, que não segue o mesmo calendário de varejo”.
  3. Vá o mais alto que puder com seu CPA
    Junto a assegurar cedo seus canais, é recomendável que os anunciantes vão o mais alto que puderem com seus CPAs. Quando a competição é acirrada, um forte CPA significa que os consumidores serão mais atraídos para a compra. Especialmente quando isso ser dá no espaço de fidelidade, recompensas e cashback.

 

De acordo com Tom Howard, da Shopback, as marcas estão começando a otimizar seus CPAs cada vez mais cedo na Cyber ​​Week. O objetivo: impulsionar vendas adicionais. Tom recomenda que as marcas “garantam suas colocações o mais cedo possível, para evitar perder uma exposição importante com os afiliados. De uma perspectiva de porcentagens, quanto mais alto você puder ir, mais competitivo você será. Então tente aumentar o CPA nos principais eventos de compras”.

 

  1. Use uma estratégia de funil completo

As marcas podem usar o canal de afiliados para alcançar os consumidores em toda a jornada de compra. Com toda a certeza, da descoberta à conversão, e até a fase de defesa da marca. Para Matheus Campos, da Savings United, “mais usuários farão compras por meio dos canais digitais este ano. E em algumas regiões, como o Brasil, precisamos educá-los sobre a compra online.

 

Usar uma estratégia de longo prazo ajuda a entregar desempenho. Especialmente se ela  incorporar as principais estratégias de funil. Isso pode se dar por meio de conteúdo ou insights de mídia social desde o início, E ´pode terminar com um desconto ou cupom durante os principais eventos.

 

 

  1. Ative o tracking in-app

Sabemos que os consumidores estão cada vez mais recorrendo aos dispositivos móveis quando se trata de compras. Agora, mais do que nunca, é vital para as marcas ativar o rastreamento no aplicativo. Laura Meunier, do Global Savings Group, comenta: “Vimos um aumento maciço no uso de aplicativos de compras. Isso se deu à medida que os próprios aplicativos se tornam muito mais úteis, por causa dos avanços na tecnologia e melhores dados do consumidor.

 

Combine isso com o fato de que cada vez mais de nós estamos usando nossos telefones celulares para tudo. Inegavelmente, desde o pagamento até pesquisa inspiradora e tomada de decisão informada. É fácil entender porque o rastreamento no aplicativo é tão importante para saber o que e como vender. Ao ativar o rastreamento, as marcas podem realmente começar a entender melhor seus clientes. Assim sendo, podem usar essas informações para personalizar melhor os produtos e ofertas para as pessoas certas”.

 

  1. Tenha certeza de que seu tracking está funcionando
    O tracking é talvez A coisa mais importante. Se seus links estiverem quebrados e as vendas não forem rastreadas, pode haver uma experiência negativa para o consumidor. Além disso, pode prejudicar o relacionamento com os afiliados que trabalharam duro para promover sua marca.

 

Yasin Phelvian, da Webgears, explica: “você pode ter as melhores ideias. Mas se o rastreamento for ruim e não funcionar para os usuários, não vale a pena. A qualidade entregue é crucial. Precisamos construir a confiança dos consumidores. E assim, garantir que eles voltem sempre e comprem. Não há nada pior do que ter um código que não está funcionando. O cliente perderá a confiança no site do voucher e na marca. Código e rastreamento funcionando bem equivalem a um cliente feliz que sempre volta”.

 

Para obter mais insights do Rakuten Advertising International Collective, baixe o guia “5 Passos para um Programa de Afiliados de Sucesso”